imagens-_-site-5

A Nucase realiza no próximo dia 30 de maio uma 2ª edição da ação de formação sobre Prevenção e Combate ao Branqueamento de Capitais e ao Financiamento do Terrorismo.

primeira fase desta formação tem lugar na Nucase em Carcavelos, das 14h às 18h30, e é dirigida a Gestores, Gerentes e Administradores, Responsáveis pelo Departamento Financeiro e Administrativo, Responsáveis pela prevenção de branqueamento de capitais, Responsáveis pelo Cumprimento Normativo,  Assessores Jurídicos, Financeiros e Contabilísticos e Compliance Officers.

A sessão permitirá a estes responsáveis das diversas entidades sujeitas à Lei de Branqueamento de Capitais e de Financiamento do Terrorismo e ao Regulamento da ASAE nº 314/2018 de 25 de maio, de conhecer os novos deveres e obrigações a que as empresas estão sujeitas por força da legislação e da sua regulamentação, para que possam adotar procedimentos de controlo e prevenção adequados.

Nos termos do artigo 55º da Lei de BC/FT e do artigo 10º do Regulamento da ASAE nº 314/2018 de 25 de maio, é obrigatório que os dirigentes, trabalhadores e colaboradores que sejam responsáveis pela área de atendimento ao público e promoção de negócios, angariadores ou comerciais, bem como os respetivos superiores hierárquicos, tenham formação na prevenção e combate ao branqueamento de capitais e ao financiamento ao terrorismo.

Sendo a NUCASE o seu parceiro de negócio, pode realizar a sua formação connosco. Consulte abaixo o programa em detalhe. As vagas são limitadas.

Dia/Hora: 9 de abril – 14h/18h30

Duração: 4 horas

Local: Auditório Nucase – Carcavelos

Formadora: Dra. Cristina Dias, Assessora Jurídica da Nucase

Objetivos:

  • Perceber o que é Branqueamento de Capitais e Financiamento do Terrorismo;
  • Analisar a legislação e regulamentação em vigor no que respeita ao branqueamento de capitais;
  • Entender a quem é que a legislação é aplicável;
  • Conhecer os novos deveres e obrigações a que as empresas estão sujeitas por força da nova legislação e da sua regulamentação;
  • Perceber o que as empresas terão que fazer para cumprir a lei em termos práticos.

Destinatários

Responsáveis pelo Departamento Financeiro e Administrativo; Responsáveis pela prevenção de branqueamento de capitais; Responsáveis pelo Cumprimento Normativo; Assessores Jurídicos, Financeiros e Contabilísticos, Compliance Officers; Gestores; Gerentes e Administradores.

Conteúdo

1. Introdução

2. O que é branqueamento de capitais?

3. O que é financiamento do terrorismo?

4. A quem é que a legislação é aplicável?

5. Autoconhecimento do Risco de Branqueamento de Capitais

6. Indiciadores de Branqueamento de Capitais

7. Deveres preventivos a que as empresas estão sujeitas

7.1 Dever de controlo

7.2. Dever de identificação e diligência

    7.3 Dever de comunicação

    7.4 Dever de abstenção

    7.5 Dever de recusa

    7.6 Dever de conservação

    7.7 Dever de exame

    7.8 Dever de colaboração

    7.9 Dever de não divulgação

    7.10 Dever de formação

8. Medidas Simplificadas

9. Procedimentos Internos a implementar pelas empresas para dar cumprimento à legislação e regulamentação

10. Fiscalização e Coimas

11. Limites de Pagamento em Numerário

12. Registo Central do Beneficiário Efectivo

13. Conclusão

Metodologia

Método Expositivo, Interrogativa, Conversação Didática, Demonstrativa e Partilha de Experiências.

Preço:

1 participante: € 90

Mais de um participante: € 80/cada

Este evento é exclusivo para clientes do Grupo Nucase, com um máximo de 15 participantes por ação, pelo que deverá reservar a sua participação através do endereço de email rh@nucase.pt, indicando a empresa, o nome do participante e contacto telefónico.

Insira a palavra-chave e pressione Enter para pesquisar